sábado, 5 de maio de 2012

Oficial da PM é exonerado do cargo


Sede do Comando da PM abriga o tenente-coronel Marcos Antônio Moreira, preso na quinta-feira
Sede do Comando da PM abriga o tenente-coronel
Marcos Antônio Moreira, preso na quinta-feira
O tenente-coronel da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Marcos Antônio de Jesus Moreira, foi exonerado do cargo que ocupava como comandante do 11º Batalhão da PM, em Macaíba. A decisão de afastamento oficial foi determinada pelo coronel Francisco Araújo, comandante-geral da Corporação. Moreira é acusado de ter envolvimento com o assassinato do jornalista F.Gomes, há um ano e seis meses na cidade de Caicó. As investigações conduzidas pela delegada Sheila Freitas, da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) embasaram o pedido de prisão preventiva, acatado pela Justiça. O oficial da PM se apresentou na noite da quinta-feira passada ao quartel do Comando-geral da PM, no bairro de Tirol, e permanecerá detido à disposição das autoridades judiciais.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Esperança de quem nunca teve oportunidade.

video

Só de sacanagem.

Agentes penitenciários fazem nova paralisação, mas descartam greve

Durante uma assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (25), os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte decidiram que não é momento de se deflagrar uma greve. A categoria estava cogitando cruzar os braços definitivamente, em virtude da falta de compromisso por parte do Governo do Estado para com a pauta de reinvindicações.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Câmara conclui votação de destaques e aprova Código Florestal

video

Homem armado com faca invade prédio da Defensoria Pública em SP

Segundo a PM, suspeito foi preso na manhã desta quarta, Seis pessoas acabaram esfaqueadas; feridos foram levados para hospital.

Polícia resgata corpos e veículo de jovens desaparecidos em rio da BA

Carro dos universitários submerso no rio. (Foto: Divulgação/PRF )
Carro dos universitários foi encontrado submerso
 em rio da Bahia. (Foto: Divulgação/PRF )
Ação foi concluída por volta das 3h desta quarta e corpos já estão no IML, Investigações foram iniciadas com hipótese de acidente de carro, diz perito.
Os corpos dos cinco universitários desaparecidos há uma semana depois de saírem do Espírito Santo com destino à Bahia já foram resgatados dentro do Rio Mucuri, próximo à cidade homônima, e encaminhados ao Instituto Médico Legal de Teixeira de Freitas, ainda na Bahia, na madrugada desta quarta-feira (25). A ação foi concluída por volta das 3h, quando policiais e Bombeiros puxaram o veículo, localizado por volta das 20h, com o auxílio de um guincho.

Robinson Faria aponta 'falta de investimento na segurança'

Robinson Faria renova discurso de oposição à governadoraVice-governador e presidente estadual do PSD, Robinson Faria voltou a fazer enfáticas críticas ao Governo Rosalba Ciarlini e ao senador José Agripino Maia. O presidente estadual do PSD acusou a governadora de estar acabando com o Programa do Leite e sucateando a segurança pública. Durante entrevista à emissora de televisão Band Natal, o vice-governador lamentou os baixos investimentos na segurança pública do Estado. "Não existe política pública para a segurança no Estado. Apenas R$ 7 milhões (são investidos) no ano. A segurança está sucateada", destacou Robinson Faria durante a entrevista ao programa.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Ficha Limpa abre brechas para batalhas jurídicas

Erick Pereira: Decisões do TCE se sobrepõem quando houver irregularidade insanável ou ato doloso
Erick Pereira: Decisões do TCE se sobrepõem quando
 houver irregularidade insanável ou ato doloso
Após dois julgamentos no Supremo Tribunal Federal (STF), nos quais foi confirmada a constitucionalidade e a validade para as próximas eleições municipais, a Lei da Ficha Limpa abre nos meios políticos a perspectiva de batalhas jurídicas em torno de quem é ou não elegível. Vários pontos das novas regras parecem suscitar dúvidas. Um deles: em caso de contas rejeitadas pelos Tribunais de Contas dos Estados (TCEs), mas aprovadas em Câmaras Municipais ou na Assembléia Legislativa, qual o veredicto válido? A começar pela quantidade de chefes de Executivo e de gestores já com contas julgadas irregulares pelos TCEs - um número exponencial inclusive no Rio Grande do Norte - e levando-se em consideração que a nova lei abrange condenações anteriores à sua aplicabilidade, se pode imaginar o tamanho da polêmica que o tema gerará.