sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Grupos pró e contra Kadhafi entram em confronto na Embaixada da Líbia

video



Funcionários entraram na embaixada e retiraram bandeira do país, Ao hastear bandeira rebelde, entraram em confronto com filho do embaixador.
Um grupo de funcionários da Embaixada da Líbia em Brasília realizou um protesto nesta sexta-feira (19) contra o ditador daquele país, Muammar Kadhafi, que há 42 anos está no poder. A Líbia está em guerra civil desde fevereiro deste ano, quando forças rebeldes iniciaram protestos para exigir a saída de Kadhafi.
Segundo informações do Batalhão Rio Branco da Polícia Militar, responsável pela segurança das embaixadas, o grupo é formado 20 pessoas, entre funcionários e amigos e parentes destes funcionários.
O grupo teria sido autorizado a entrar na embaixada para participar de uma comemoração, mas de acordo com a PM, eles estão "ocupando" o local. Dentro do prédio, eles arrancaram a bandeira da Líbia que estava hasteada e em seu lugar hastearam a bandeira do governo rebelde da Líbia, o Conselho Transicional Nacional (NTC).
De acordo com relato do Batalhão Rio Branco, o embaixador da Líbia, Salem Ezubed, pediu aos funcionários que retirassem a bandeira do movimento rebelde. Como eles não atenderam ao pedido do embaixador, o filho dele arrancou a bandeira dos rebeldes e entrou em confronto com os funcionários que realizavam o protesto. Três funcionários da embaixada leais ao regime de Kadhafi teriam agredido os manifestantes.
No início da noite, agentes da Polícia Federal e funcionários do Itamaraty entraram na embaixada pare negociar a retirada dos manifestantes.


Fonte: Tribuna do Norte

Nenhum comentário:

Postar um comentário